5 dicas para manter uma alimentação saudável no fim de semana e em dias especiais

Se há algo que está sempre à espreita é uma nova celebração. Aniversários, Natal, Páscoa, casamentos, dias únicos geralmente são celebrados com comida. Antes tinha imenso medo e evitava estes dias, pois acreditva que não iria ter uma alimentação saudável e tinha medo dos excessos que poderia causar.

Desde que me reconectei com o meu corpo e aprendi a fazer as pazes com a comida através de uma alimentação intuitiva, que isso nunca mais foi motivo de stress.

Neste artigo vou partilhar contigo 5 dicas que resultaram comigo para ganhar confiança em mim em situações especiais!


manter uma alimentação saudável em dias especiais

Alimentação saudável

Quando vivemos cheias de regras e restrições alimentares podemos sentir ansiedade e desconforto quando estamos expostas a uma grande quantidade de comida. Começamos a sentir pânico de destruirmos a nossa alimentação saudável e com receio que tenhamos de compensar mais tarde. Aqui vão 5 dicas que resultaram a nível pessoal: 

  • Come antes do evento: quando sabemos que vamos ter acesso a imensa comida a vontade de não comer antes caso não nos controlemos mais tarde é tentadora. Na realidade, isso começa a causar ansiedade em relação ao evento mesmo antes de chegares lá. Respeita o teu corpo e come antes desse evento, tal como num dia normal. Se chegares à celebração cheia de fome, é ÓBVIO que vais querer comer TUDO. Alimentação não é para ser controlada e a fome é para ser respeitada.

  • Analisa a comida: quando chegares dá-te tempo para veres o que tens à disposição. Decide qual comida que para ti é apelativa e que queiras experimentar. Faz isto sem julgamento e cala as vozinhas negativas na cabeça. Restrição leva a binge ou compulsão, por isso tem calma contigo e não te julgues! Podemos ficar tão pressionadas com o facto de haver tanta comida que quando damos por ela precisamos de 8 pratos para conseguirmos transportar toda a comida, acabando por pegar em coisas que nem gostamos. Isto acontece com mais frequência se não seguires a dica n#1. Lembra-te, se sentires fome e se ainda não estiveres satisfeita, podes voltar a repetir.

  • Come de forma mais consciente: é fácil ficarmos distraídos com todo o convívio e nem nos apercebermos da quantidade que estamos a comer. Em vez disso, permite-te comer com atenção para afastares sentimentos de culpa. Repara no cheiro, no sabor, na textura, e noutras características do que estás a comer. A quarta dentada pode não saber tão bem como a primeira. Isto vai-te ajudar a compreender a comida que te satisfaz e faz-te estar mais atenta aos teus níveis de saciedade. Vê aqui um exercício que quando aplicado com alguma regularidade vai-te ajudar imenso!

  • Compreende a tua escala da fome: isto deve ser aplicado todos os dias. Tenta compreender como é que sentes a tua fome. Fisicamente, como é que ela se manifesta. Pode ser difícil, especialmente quando vivemos num Mundo onde toda a gente partilha as suas regras sobre a alimentação saudável, de tal forma que comemos porque está na hora e não porque sentimos fome. Este artigo vai-te ajudar a reconectar com a tua fome e a afastar todo o ruído externo. Há imensas maneiras para conseguir fazer isto, incluido uma escala da fome para te guiar a ouvires os TEUS sinais biológicos. Em breve partilharei mais informação sobre essa escala.

  • Não fiques a remoer: Se há uma dica que deves levar de tudo isto e por em prática será esta: NÃO FIQUES A REMOER. Não te culpes se deste por ti a comer mais do que esperavas ou mais do que o normal. O que é esse sentimento vai acrescentar à tua felicidade e bem estar? Nada. Em vez disso, retoma ao teu padrão normal de alimentação e continua a trabalhar na compreensão da tua fome, saciedade e satisfação. Não te prives, pois isso vai levar a que fiques mais propensa a exageros no futuro. Lembra-te da EXPERIÊNCIA. Quando tiveres 99 anos anos vais-te querer lembrar de quê? Das 3 bolachas a mais ou do convívio?

Reparas que és daquelas pessoas que se tem disponível tem de se comer para não desperciçar? Isso é imensamente comum. Podes ver este artigo para aprenderes os diferentes perfis de relação com a comida, onde tu te encaixas e como esse perfil pode ser nocivo ao teu bem estar.


Coloca estas 5 dicas em prática e sei que da próxima vez que tiveres uma ocasião especial as coisas vão começar a mudar, a caminho de uma alimentação verdadeiramente saudável. Podes ver aqui quais os passos que vais passar quando começares a jornada para uma alimentação livre de culpa.


Lembra-te: somos fantásticas. E NUNCA desistas de ti!

Segue-me no Instagram!

Usa o meu cupão para descontos e presentes grátis na ZUMUB, PROZIS E EU NUTRITION

Copy of 10% zumub.png
10% prozis.png
_10% eu nutrition.png

Copywright© 2020 de Joana Amaral

 

Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte integrante do mesmo não pode ser reproduzido sem a autorização expressa da autora, seja para fins pessoais ou comerciais.

Política de Privacidade

Termos e Condições

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Pinterest
  • Preto Ícone RSS